Loading...

sábado, 21 de abril de 2012

São Paulo Apóstolo - Patrono do Mcc

              O movimento de cursilho de Cristandade espalhou-se rapidamente por todas as Dioceses da Espanha, e em quase todos os países da America, tornando-se um movimento Internacional. Na primeira ultréria nacional realizada em terragona, D. Hérbas I, diretor do secretariado do cursilho, referiu-se ao bispo Cardeal Arriba y Castro como: "O Cardeal de são Paulo e pai dos cursilhos"! Isto para agradecer ao cardeal por se ter levantado para defender o movimento, testemunho em alto e bom som, os frutos espirituais que ele descobrira nas pessoas que tenham vivido a experiência do cursilho. E completando seu discurso disse ainda que durante a clausura do São Paulo voltasse fazer-se-ia cursilhista. D. Hervás afirmou ainda que seria, uma honra para o movimento se as autoridades competentes concedesse o padroado de são Paulo sobre o movimento. Acrescentou que se São Paulo voltasse a caminhar sobre as terras da Espanha para pregar o evangelho, aqueles que seguiriam com maior entusiasmo seria os cursilhistas.
              O Cardeal em audiência com o papa Paulo VI lhe contou sobre as maravilhas que o senhor opera no mundo todo através dos cursilhos e de seu desejo de colocar São Pulo à frente desse processo de evangelização. Paulo VI escutou atentamente e convidou o cardeal para redigir o documento oficial. O cardeal Arriba estava convencido que o cursilho estava, sendo pra muita gente, aquilho que havia sido o caminho de Damasco para Paulo. Um operário havia lhe confessado que: "foi no cursilho que minha vida mudou". Mas, não foi as palavras dos cursilhistas que operaram o milagre. Foi durante uma fração de segundo, no momento em que senti minha alma mudar, que eu perguntei: Quem es, tu senhor? E ouvi, então, claramente: Eu sou Jesus! Então não poderei ter feito outro coisa se não perguntar-lhe: Que queres que eu faça!!
Deste dia em diante Paulo o convertido de Damasco, tornou-se o centro de interesse do amor e de toda a vida do cursilhista. E à luz do Espírito Santo a resolver todos os problemas e por fazer nascer nos corações de desejo de entender o Reino de Deus até os confins do mundo.
No dia 14 de Dezembro de 1963, Pulo VI assinou o decreto pontifício declarando São Pulo Apóstolo Patrono do Movimento de Cursilho. Na entrega do pergaminho da D. Herbas, Monsenhor Riberi fez as seguinte invocação, "São Paulo patrono dos cursilhos, rogai por nós!

sexta-feira, 6 de abril de 2012

METAS PARA 2012

  • Evangelizar nos ambientes sob a Luz do Espirito Santo;
Para isso reunimos toda terça-feira para compartilhar a palavra do senhor; conversar; festejar; dividir as dificuldades que vão surgindo no dia a dia.

A última terça-feira do mês a orção é no sacrario ( momento de adoração) na igreja;

  • Comemorar o jubileu de Ouro no dia 22 de abril de 2012
Neste dia sera realizado uma grande festa com participação dos nossos irmãos decolores das comunidades da Regional 2 (Iporá, Diorama, Israelandia, Jaupaci e Montes Claros). Acontecera jogos, brincadeiras, bingos, sorteios de prêmios, passeata de carros e a celebração da Santa Missa.